Notice: Elementor\Controls_Manager::add_control_to_stack foi chamada incorretamente. Cannot redeclare control with same name "image_scroll_shadow". Leia como Depurar o WordPress para mais informações. (Esta mensagem foi adicionada na versão 1.0.0.) in /var/www/rcmcaboseletricos.com.br/wp-includes/functions.php on line 5225

A RCM É uma fabrica de fios e cabos elétricos

Por ser uma Industria do ramo de Cabos e Fios elétricos, tem total autonomia em tirar algumas duvidas do publico em geral sobre o assunto de condutores elétricos, esse FAQ ira ajuda a sanar algumas duvidas sobre esses assuntos.

FAQ

Pode-se enviar os currículos pelo LINK AQUI ou também entregue pessoalmente no endereço:

Endereço : Porto União – SC

Rua : Paulista Nº 300 | Distrito Industrial

CEP : 89400-000

Todo cliente pode pedir orçamento direto pela PAGINA CONTATO,

Waths : (42) 3522 8426 | (42) 3524 3353

ou pelos telefones abaixo:

Fone :

(42) 3523-8785

(42) 3524-3353

(42) 3522-5677

(42) 3522-8426

(42) 3522-5957

(42) 3522-9412

 

A RCM Cabos Elétricos se localiza:

Endereço : Porto União – SC

Rua : Paulista Nº 300 | Distrito Industrial

CEP : 89400-000

A norma NBR 5410 – Instalações Elétricas de Baixa Tensão da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) é a que determina as regras para o projeto, instalação e manutenção das instalações elétricas de baixa tensão. Ela estabelece condições mínimas para as instalações elétricas com o objetivo de garantir o seu funcionamento adequado e a segurança das pessoas e do imóvel.

Sim, A certificação compulsória do Inmetro, atesta que os fios e cabos elétricos passaram por testes de qualidade e de segurança.

  • Dimensionais: que conferem se estão corretos os diâmetros externos do produto, do condutor, assim como as suas espessuras.
  • Físicos e mecânicos: são testados o alongamento do condutor e da sua isolação e cobertura.
  • Elétricos: são checadas a tensão aplicada e as resistências elétricas e de isolamento.

Na verdade existe uma única diferença entre os dois materiais, que é a flexibilidade dos cabos elétricos, que permite uma instalação mais simples e rápida. Também é importante ressaltar que ambos os produtos possuem a mesma capacidade de corrente desde que sejam utilizadas as mesmas seções nominais, isto é, um fio de 1,5 mm² e um cabo flexível de 1,5 mm² possuem a mesma capacidade de condução de corrente..

Em condições normais de trabalho, os fios e cabos elétricos duram aproximadamente 25 anos.

Verde ou verde com listras amarelas para o fio terra, Azul claro para o neutro, e qualquer outra cor que não as anteriores para o fio fase.

É a capacidade que um material tem de conduzir corrente elétrica.

É o conjunto de equipamentos que recebem energia elétrica de uma mesma fonte e que são protegidos pelos mesmos dispositivos de seccionamento e proteção.

É uma grandeza física que mede a energia que está sendo transformada na unidade de tempo. Ela é calculada pela multiplicação da tensão elétrica pela corrente elétrica que percorre um circuito ou uma instalação.

É a diferença entre as tensões existentes em dois pontos ao longo de um circuito em que há corrente elétrica. Quando ocorrem acima dos valores especificados com frequência comprometem o funcionamento dos equipamentos elétricos.

É um invólucro externo não metálico e contínuo sem função de isolação e que tem a função de proteger o fio ou cabo contra influências externas.

É um cabo dotado de cobertura com apenas um único condutor isolado

É um produto formado por dois ou mais condutores e que possui um capa de cobertura.

São produtos metálicos, isolados ou nus, utilizados para transportar energia elétrica ou transmitir sinais elétricos.

É o condutor ligado permanentemente ao neutro do sistema de alimentação externo e capaz de contribuir para o transporte de energia elétrica.

Ele é prescrito em certas medidas de proteção contra choques elétricos e destinado a interligar eletricamente massas, elementos condutores estranhos à instalação, barra de aterramento e/ou pontos de alimentação ligados a terra. Tem a função de desviar as correntes de fuga dos componentes da instalação e/ou dos aparelhos eletrônicos para a ‘terra’. Sua instalação é obrigatória em todos os circuitos e, no caso de identificação por cores, os condutores de proteção devem ser identificados pelas cores verde ou verde com listras amarelas.

É o valor atribuído a um determinado condutor elétrico que está diretamente relacionado com a resistência ôhmica máxima do condutor a 20ºC e da resistividade elétrica do material. A seção nominal não tem correspondência direta com a seção transversal do condutor obtida a partir da medição do diâmetro. É expressa em milímetros quadrados.

  • Condutores elétricos ‘desbitolados’ são materiais irregulares e apresentam uma série de riscos para qualquer instalação elétrica.
  • Eles possuem baixa qualidade e menor quantidade de cobre que o exigido pelas normas técnicas da ABNT
  • Além disso s isolação pode ser comprometida pela utilização de PVC de baixa qualidade ou até mesmo PVC produzido para fins não elétricos.
  • Por serem subdimensionados, os fios e cabos ‘desbitolados’ também resultarão em sobreaquecimento e as consequentes perdas de energia
  • Outros problemas que aparecem com a escolha por esses materiais são o aumento da possibilidade de curtos-circuitos e incêndios, a queda constante dos disjuntores, a falta de garantia por parte do fabricante e a compra de menor quantidade de fios e cabos, já que os rolos dos condutores ‘desbitolados’ chegam a ter até 15% menos que os homologados que são vendidos exatamente com 100 m.

A isolação em PVC tem classe térmica, que em condição de regime permanente, pode suportar temperatura de operação de até 70º C. Esse tipo de isolação é utilizado em produtos que são indicados para circuitos de alimentação e distribuição de energia em instalações elétricas residenciais, industriais e comerciais de baixa tensão com até 1.000 V.

Sim. A isolação em HEPR possui as mesmas características do EPR, sendo que a principal diferença fica por conta do processo de aplicação do material em fábrica. Ambas as isolações são bastante flexíveis e fáceis de trabalhar. Também são praticamente isentas do fenômeno ‘treeing’, que são arborescências que se formam no material isolante, que provocam descargas parciais e deterioração do material isolante. Além disso, a isolação em HEPR permite temperaturas de até 90º C em regime permanente, 130º C em caso de sobrecarga e 250º C quando em curto-circuito.

Esses compostos podem ser fabricados para classes de temperatura em regime permanente de 70º C ou 90º C. Outro diferencial é que não propaga chama e por não ter halogênio (cloro) em sua composição, durante sua combustão emite pouca fumaça e sem a presença de gases corrosivos e tóxicos.

Onde Usar ?

Por isso os cabos com esse tipo de isolação são indicados para locais com alta densidade de ocupação e lugares com difíceis rotas de fuga, como estádios, hospitais, grandes prédios comerciais, entre outros.

Dois Tipos de produtos HEPR

  • Cabo Atox Flex 70º C, na qual a isolação em material não halogenado suporta uma temperatura de trabalho de até 70º C;
  • Cabo Atox Flex HEPR 90º C para 1, 2, 3 e 4 condutores, cuja isolação do cabo é feita em HEPR para que ele possa suportar uma temperatura de trabalho de até 90º C e a sua cobertura é feita em material não halogenado.

É a corrente de condução que por causa de um isolamento mal feito ou imperfeito, percorre um caminho diferente do previsto. Ela pode ocasionar perdas de energia, que proporcionam aumento na conta de energia elétrica, além de poderem provocar choques elétricos.

Proteger as pessoas que utilizam o imóvel contra descargas que poderão ocorrer durante a utilização de seus equipamentos e eletrodomésticos.

Não, em ambos os casos o choque pode ser fatal.

Para casa na praia perto do mar e da maresia que os cabos eléctricos começão a apodrecer por dentro, o que é melhor e dura mais e se deve usar de preferencia, o fio rigido unifilar ou o flexivel ???